domingo, 9 de dezembro de 2012

Cera AntiVarroa ( Ofertas e Vendas)

Após alguns anos a solicitara-me para vender a cera Anti Varroa, venho assim comunicar que decidi avançar com o projeto definitivamente e fazer umas ofertas até ao dia 21 de Dezembro de 2012.

 

Depois de uma intervenção cirúrgica que me tornou um Homem novo podendo respirar como não respirava á muitos anos, quero festejar com todos vocês até ao dia do julgamento final segundo o calendário Maia que entraremos nova era.  

Talvez seja a era das mãosinhas leves e amigos do alheio. Vamos ver.

Viveremos num mundo sem respeito e no final da era de 7000 anos acabaremos como canibais?

 È certo que tenho evitado comercializar a cera, a não ser para amigos mais próximos não só porque sabemos que atualmente é um bem escasso, mas porque dá um pouco de dor de cabeça e preciso quase ter um curso de vida para trabalhar com ela.

 

Os cortiços produziam a cera, algum mel e uns enxames e… Não me vou alargar mais. Se os cortiços vão existir no futuro, bem podem ter a certeza que vão existir tanto como desde que o primeiro hominídeo teve contacto com as abelhas até á atualidade .

Vamos pensar um pouco então antigamente existia cera em abundancia para fazer velas de cera, pomadas, impermeabilizar etc  e atualmente existe escassez.  Qual é o motivo?

Essa escassez deriva de um conto na apicultura mundial, pois as colmeias são devoradoras de cera e não produtoras de cera.

Deste modo maximizam determinada produção, (nos primeiros anos depois não sei se assim será bem assim depois, pois creio que atualmente até iguala o cortiço nessa produção dirigida)  que é uma ideia contraria ao cortiço que dá de tudo um pouco, o cortiço é como um porco aproveita-se tudo.

 

Assim para se obter a se obter as folhas de cera em baixo com alvelos pequenos de 4,9 cm (49mm) medidos na VHD precisamos:

 


 

Aproveitar a cera neste caso a cera  foi proveniente de algum resto dos opérculos, posteriormente fez-se alguma Água-Mel  e obtiveram-se umas bolas de cera.      


 

                                                    

Depois é preciso derreter a cera, está operação é preciso que seja feita a uma temperatura perto do ponto de fusão e pode ser feita com um certificador solar, por vapor ou com uma simples panela com fogo ou elétrica. È importante que o utensilio seja de aço esmalte ou alumínio nunca ferro pois vai escurecer a cera bem como uma temperatura alta. 


 


 


 

 Como era pouca a cera usou-se um pequeno utensilio aléctico com bastante água para poder precipitar por gravidade e separar as fases.


 

Assim fez-se o primeiro apuramento da cera de opérculo.


 


 

Posteriormente fez-se a separação do entulho separado por gravidade da cera em broa.


 


 

Proximo passo foi o apuramento da broa, e posteriormente a fabricação das folhas de cera de 4,9 cmm ou 49mm (HVD)


 

Quem quiser trocar cera em broa por laminada de 4,9cm já sabe onde se dirigir, se não tiver pode pedir por ai a um apicultor para lhe arranjar um pouco de cera, por outro lado se quiserem sempre posso dispensar uns Kg.


 

Curioso depois de ter fabricado 130 folhas de cera já só tinha 125 folhas as outras evaporaram-se.


 

Quero agradecer aos meus amigos terem ao longo deste ano terem entrado 3 vezes na conta de ibericaqueens@gmail.com e alterado as palavras passes e por fim terem fechado definitivamente a conta descaracterizada de inday2004@hotmail.com não podendo receber ou emitir emais.


 

Vocês são mesmo amigos, uns queridos, mas ainda estou entre os caminhantes, cada vez mais robustecido.


 


 

Assim e como manda a tradição ofereço atá ao dia do julgamento do Calendário Maia uma (1) folha de cera 4,9cm de preferência reversível (tem a ver com o envio pela transportadora), desde que pagem os portes a quem solicitar via mensagem no Forum as ABELHAS http://www.forum.as-abelhas.com/.


 

Solicitações gerais atravez de:


 

 ibericaqueens@gmail.com





4 comentários:

hayati inal disse...

http://arc07.blogspot.com/
Beekeepers 07
Hayati İNAL
https://www.facebook.com/groups/113073365507813/
https://www.facebook.com/groups/Arici07/
https://www.facebook.com/groups/hayati.inal/

cruzado negro disse...

mais uma vez tou sem palavras pois as suas sao sabias e quem sabe profeticas isto pareçe a triologia do senhor dos aneis mas oei uma nova versao os senhores dos roubos parte um a irmandade dos ladroes parte dois as duas seitas parte tres o regresso do rei neste caso iberica queens mas nova odisseia os hoobits criaturas magicas ao serviço do rei e eu cruzado negro

cruzado negro disse...

vou vos deixar aqui um mini conto de natal era uma vez em tempos de cavaleiros e dragoes no reino bue bue de longe uma tribo do norte temida por os aldeoes k tiravam da terra o seu sustento a tribo de nome manis levus semeavam terror e caos o rei desesperado chamou um jovem nobre k depois de mtas lutas dizimou a tribo mas nem todos k por artes magicas passaram para um tempo proximo do nosso deixaram descendentes k hoje embora saqueadores modernos praticam o mal e destroem eles anda entre nos o reino do conto situa se atras do sol posto terras frias pedragosas reza a lenda k um dia iria nascer um jovem cavaleiro k em caso de perigo iria combater novas tribos nasceu e veio de terras quentes onde o ceu toca o mar e a terra mas trazia jovens nobres k estao entre nos cuidado manis levus

cruzado negro disse...

ib queens gosto do seu sentido de humor tao subtil fico contente por ter renascido e estar entre nos mais uma postagem do alem palavrinhas certeiras como flechas hoje deixo uma nova versao do pirata das caraibas os piratas das abelhas mto mais apurados e refinados k se julgam acima da lei mas e se um dia se volta o feitiço contra o feitiçeiro ?